A CORAGEM DE CUIDAR DO PRÓXIMO


Você já parou para pensar no modo como se conecta com as pessoas hoje?

Vivemos em um mundo onde amar seu próximo é considerado um risco elevado para quebrar a cara e estar vulnerável a ser machucado por outra pessoa. O pior de tudo é que estamos acreditando nesse paradigma e com isso caminhando em direção à um rumo sem volta, sem amor ao próximo tudo o que há de mais belo no ser humano se perde.

Quando relacionamos a palavra amor ao cuidado a problemática se torna ainda maior. Preferimos viver na superficialidade rasa do conhecimento sobre o outro e julgamos que quanto mais o conhecer e mais reconhecermos seus pontos e vivências em comum mais estaríamos frágeis diante algum problema que possa acontecer, então preferimos cuidar somente do que não nos cause atrito interno e assim vamos vivendo em um mundo superficial onde nem ao menos ousamos conhecer mais a fundo a história daquele paciente que pode estar vivendo seus últimos dias ou talvez horas na sua companhia.

É muito triste não valorizarmos nosso paciente e acredito fielmente que talvez seja esse um dos grandes problemas da falta do devido valor a Enfermagem, não valorizamos a nós mesmos. Que profissional honrado e maravilhoso você deve ser para aquele paciente passar seus últimos suspiros ao seu lado e olha que oportunidade de aprendizado incrível pode ter com esses mestres. Diante uma situação dessas nada mais devemos fazer do que amar esse ser humano também, devemos nos mostrar tão especiais que ele fez a escolha certa em nos escolher como profissionais para vivenciar essa jornada ao seu lado e com isso criarmos um ambiente de amor e respeito mútuo onde o amor de Deus ou qualquer que seja sua espiritualidade transcenda esse cuidado.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo