• Essence

COMO O FEEDFORWARD PODE CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA SUA EQUIPE DE ENFERMAGEM?


Você já ouviu falar em Feedforward?


Diferente do Feedback que geralmente foca no resultado do desempenho e faz uma reorientação, sua ação é voltada para uma reflexão que possa gerar novas ideias e perspectivas valorizando as competências dos profissionais de Enfermagem.


Traduzido do inglês significa “olhar para frente”, foi desenvolvido por Marshall Goldsmith, grande referência na metodologia Coaching, autor de inúmeros livros, dentre eles o “Feedforward”.

Sua utilização ajuda o líder de Enfermagem melhorar e a encorajar seus liderados a olharem para o futuro e construir caminhos para melhorar sua performance profissional, baseados em suas habilidades e em seu perfil comportamental.


O feedback e o Feedforward são grandes aliados para sua liderança, ambos com foco no desenvolvimento das habilidades e desempenho nas instituições, principalmente para dar enfoque nas principais competências e caminhos que o profissional precisa percorrer para chegar ao estado desejado.

Vale lembrar que o julgamento não deve existir por nenhuma das partes para que a conexão favoreça a comunicação e o crescimento.


Mas como podemos trabalhar o Feedforward?


Primeiramente para ser efetivo precisamos focar em alguns pontos:


·Autoconhecimento do profissional: se ele reconhece suas habilidades e competências.

· Olhar para o presente (onde estamos hoje)

· Olhar para o futuro (aonde podemos chegar)

Uma das dicas é utilizar o Feedforword após uma devolutiva de Feedback trazendo reflexão (mas sempre com o enfoque no futuro) de quais caminhos vocês podem percorrer juntos. Sim! Juntos, pois como líder é sua responsabilidade ajudar no desenvolvimento dos membros de sua equipe. Por exemplo você pode perguntar para o profissional:


Quais comportamentos você acredita que precisa melhorar para chegar aonde deseja na Enfermagem?


Elabore juntos um plano de ação, estimule e apoie cada passo desse novo caminho. Quando nos envolvemos e nos comprometemos a ajudar esse processo de desenvolvimento estamos contribuindo não somente para a performance profissional, mas também favorecendo seu engajamento uma vez que ele se sente acolhido e importante para a equipe e instituição.





GOLDSMITH, Marshall. What Got You Here. Won´t Get You There.

MISSEL, Simoni. Feedback corporativo - Como saber se está indo bem. São Paulo: Saraiva, 2012.

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo